| THE LAST INTERNATIONALE | “Choose your killer”

Junho de 2011 (EUA)

Edgey é luso-descendente, gosta de Blues dos anos 50 e 60. Apaixonou-se por Delila Paz depois de a ouvir cantar. E ela encantou-se pelos dotes de músico dele. Formaram os The Last Internationale em 2009 e lançaram o primeiro disco homónimo. O sucesso imediato permitiu-lhes recuperar o investimento e partir mais confiantes para o segundo. Ele aí está. Lançado em junho de 2011, nos Estados Unidos, acaba de chegar ao mercado português através da Fabulous Generation.

“Choose your killer” é um álbum mais elétrico e orgânico que o primeiro capítulo da carreira dos The Last Internationale. Revela uma vocalista, Delila Paz, mais forte e sedutora. “Follow me, love”, a primeira frase do tema de abertura, convida-nos para nos deixarmos levar por ela. Por eles. É para “rock’n’rollar”, percebe-se. “Crawlin’Queen snake”, o single de apresentação do disco, surge-nos de seguida. Agarra-nos. Estamos rendidos. E, de repente, “Walk away acalma os cavalos. Canção de separação. Queimam-se fotografias, partem-se discos. É uma balada.

Ao 5.º tema, “Fuzzy little creatures” mantém o tom arrastado, mas agarra-nos pela mensagem. “Se foder contigo vais chamar-me puta nojenta, mas se recusar a tua proposta sou uma lésbica e, na mesma, uma puta”, canta Delila, num protesto feminino escrito por Edgey contra quem se aproveita de mulheres de coração desfeito.

The Last Internationale ao vivo em Sintra

Entra o Blues em ação. “It hurts me too” original de Elmore James, o rei da “slide guitar”, é mais um lamento de desamor cantado no feminino. “Black cat”, com a guitarra a marcar a corrente de lágrimas, reforça os ritmos do Mississípi e a tristeza de ter sido trocada por outra mulher. E a depressão acentua-se com a revisão do tradicional “House of the rising son”.

Ao 8.º tema, Elmore James reentra em cena e recupera-nos o ânimo. Os The Last Internationale revêm “Dust my broom”, o primeiro single do “bluesman”, uma m´suica com 60 anos e aqui com um toque de Rock’n’roll, que obriga a sorrir e a abanar a anca. “The world inside my head” completa a terapia e diz-nos que há um mundo dentro de nós capaz de suplantar o que está moribundo à nossa volta. É a motivação que cada um de nós precisa neste período de crise global. E é também o tema do disco que nos leva mais próximo do Punk.

Depois volta a acalmar. Manifesto político contra os capitalistas, as autoridades e os patrões. Apelo em ritmo de balada à luta para se ser livre. O fim chega-nos com um discurso ativista dos índios em “Hoka he”. Um poema de guerra a reclamar ação. É uma colaboração dos The Last Internationale com Tiokasin Ghosthorse, um reconhecido defensor dos direitos dos nativos americanos.
“Choose your killer” assume-se como um álbum que faz um caminho. Inspira-se no Blues dos anos 50 e 60, mas junta vários estilos. Não cansa. É doseado. O som é claro e a voz de Delila Paz é uma revelação. Chega a fazer lembrar os primeiros discos de PJ Harvey. É um bom disco!

Alinhamento de “Choose your killer”:
1. Life, liberty and the pursuit of indian blood
2. Crawlin’ queen snake
3. Walk away
4. Fuzzy little creatures
5. It hurts me too (Elmore James)
6. Black cat
7. House of the rising son (tradicional)
8. Dust my broom (Elmore James)
9. World inside my head
10. The personal is political
11. Hoka He (Tiokasin Ghosthorse)
(Manifesta Records, Junho 2011)

Amostra de “Choose your killer”:

Esta entrada foi publicada em Música com as etiquetas , . ligação permanente.

Uma resposta a | THE LAST INTERNATIONALE | “Choose your killer”

  1. Luis diz:

    muito bom… a voz dela lembra-me a da PJ Harvey.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s