| GARAGE ROCK | Mas afinal que “prateleira” de música é esta?

Originally posted on Frankmarques' Blog:

O Barreiro Rocks tem proporcionado ao longo dos tempos a “aterragem” na margem certa do Tejo de alguns dos mais interessantes nomes do rock alternativo internacional. Em Espanha, alguma imprensa, como a webzine Desconcierto, descreve o evento português como “o melhor festival de Garage Rock da Península Ibérica”. Mas que raio de estilo ou sub-estilo é este?

View original mais 994 palavras

Publicado em Música | Deixe o seu comentário

| the ACT-UPS | Do Barreiro para o Mundo, “Homo Zugadita…”

Novo disco sobe ao palco

Novo disco sobe ao palco

APRESENTAÇÃO

É apresentado ao vivo este sábado à noite o novo álbum dos The Act-Ups, quinteto Rock’n’Roll oriundo do Barreiro, Portugal, que chega em 2015 ao quarto álbum de originais. Desde novembro que o grupo vem divulgando pela internet “home made” videoclipes dos temas incluídos neste “Homo Zugadita Quasar Monacant”, disco de título pouco simpático para as rádios, mas de ritmo amigo das ondas de FM haja irreverência e bom gosto de quem está diante dos microfones e das “play lists” obsoletas. Este não nos parece o melhor disco dos barreirenses, mas longe disso ser descartável. Há boas guitarras, ritmos surf, influências tropicais, loucura, peitos desnudados, cuecas fio dental, talento e, sobretudo, amizade intergeracional, tudo “enrolado” num cartão de visita que pode, finalmente, catapultar este projeto do “underground” do Delta do Tejo com espasmos por Espanha para a primeira divisão do Rock nacional. Mesmo que não aconteça, uma certeza resiste: 13 anos depois, a boa disposição e a amizade vão continuar, a música estará por aí para quem se não se conforma com imposições recorrentes. Para já, os The Act-Ups atuam esta noite na Galeria Zé dos Bois, em Lisboa – primeira parte pelos conterrâneos Tracy Lee Summer e início marcado para as 22 horas.

Clica aqui para veres os novos videoclipes dos The Act-Ups – loucura garantida!

Publicado em Barreiro, Música | Etiquetas , , , | Deixe o seu comentário

| the EXPERIMENTAL TROPIC BLUES BAND | “Weird”

ETBB revelam "Weird"

ETBB revelam “Weird”

VIDEOCLIP

Levam mais de 15 anos de existência, mas só no final de 2014 se estrearam em Portugal. Encabeçaram o segundo dia do melhor festival independente da Península Ibérica, o Barreiro Rocks – “melhor” é uma opinião pessoal, claro, mas muito perto da verdade. A reboque do álbum “Belgians”, estes conterrâneos dos dEUS chegaram à margem certa do Tejo para destilar um barril de Rock que já há muito havíamos avisado ter ali um espaço apropriado. Quem viu, gostou. Quem perdeu, só pode lamentar. Esta sexta-feira, 27 de fevereiro, os ETBB revelaram uma “videocolagem” para o tema “Weird”, uma alucinante projeção do consumo de uma refeição “fast food” acompanhada de peitos peludos e desnudos, bebés, “ketchup” e vómitos. Estranho.


.
Veja aqui a passagem dos ETBB pelo Barreiro e não só

Vídeo | Publicado em por | Etiquetas , | Deixe o seu comentário

| PART-TIME FRIENDS | “Art Counter” (Novo EP)

Pauline e Florent, amigos em part-time

Pauline e Florent, amigos em part-time

NOVIDADE

Duo oriundo de Aix-en-Provence com ligação a Paris. Acabam de lançar exclusivamente em edição digital o EP “Art Counter”, gravado no País de Gales. Com o tema título, conseguiram entrar na mais recente compilação da revista Les Inrockuptibles, “Objectif 2015″, o que, por sua vez, os trouxe até aos armários cá de casa. Autores de um género de Pop “easylistening” romântica que identificam com a Folk da Escócia e com a costa oeste dos Estados Unidos, Pauline Lopez de Ayora e Florent Biolchini confessaram pelo Facebook ter ficado “histéricos” com o destaque na referida compilação. Mal sabem que a mesma distinção os “trouxe” até Portugal. O primeiro videoclipe extraído do EP deste duo gaulês foi realizado por Théo Gosselin e Lucas Hauchard. Como todos os novos grupos, os Part-Time Friends procuram palcos para mostrar este novo disco. Para já, têm apenas algumas datas em França, mas tudo deverá intensificar-se a partir de agora.

Clica aqui para escutares na íntegra o EP dos Part-Time Friends

Publicado em Música, Videoclip | Etiquetas , , , | Deixe o seu comentário

| dEUS | Recomeço com um reencontro de 20 anos

Álbum "Selected Songs" (2014)

Álbum “Selected Songs” (2014)

REATIVAÇÃO

Há quase 20 anos caiu-me nas mãos a amostra de um disco que viria a ser determinante na discoteca cá de casa. Nunca fez parte dela, mas justificou o espaço para uma série deles. Era uma amostra para rádio de “In a Bar, Under the Sea”, o segundo álbum dos belgas dEUS – este, sim, já cá mora, claro. Na altura, colaborava de forma voluntária no desenvolvimento de um culto chamado SuperFM, uma pequena rádio rock da margem certa do Tejo cuja irreverência se extinguiu anos depois e, hoje, a tentativa de a recriar não é mais do que um projeto obsoleto sem qualquer rasgo. O meu caminho seguiu outros rumos. Houve um cruzamento profissional à entrada deste novo milénio com uma figura incontornável, tornada mito da rádio: António Sérgio. Depois, viragem para outros domínios da imprensa. Dez anos depois, novo “big bang” profissional levou-me de volta ao voluntariado na promoção musical e a este projeto, o FankMarques’blog. Há mais de dois anos e meio, nova aventura profissional começou a tirar tempo ao voluntariado.

A “indústria” insiste em manter-se fechada aos puros “indie” e há que pagar contas. Entrevistas exclusivas, reportagens de concertos/ festivais, críticas de “rodelas de plástico”… O tempo foi ficando cada vez mais curto para escrever sobre música. Ao ponto de termos reduzido o conceito da página. Dos artigos repletos de informação e das frequentes entrevistas exclusivas internacionais a que habituámos os nossos leitores em português por todo o planeta, passámos à divulgação direta e mais simples das novidades que vão saindo e que de alguma forma, com total independência e imparcialidade a não ser o gosto pessoal, entendemos merecer o devido destaque.

Mesmo assim, há mais de um mês que nos “calámos”. Não estava a ser possível. Decidimos retomar agora a atividade impulsionados pelas variadíssimas solicitações. Algumas provenientes de idiomas que não o português. Este sábado voltámos a cruzar-nos com “Instant Street” e este acaso certeiro convenceu-nos que era momento. O tema acaba de ser reeditado como um dos 30 que integram “Selected Songs”, compilação lançada em novembro pelos dEUS, a resumir as duas décadas de existência do grupo em disco.Os belgas tornaram-se presença obrigatória na nossa rica discoteca – onde “mora” quase toda a discografia deles – e são referidos amiúde como a única “divindade” do altar que são os armários cá de casa. Como tal, são totalmente merecedores da distinção de marcarem este recomeço do FrankMarques’blog em 2015. A música – a boa música – volta a fazer-se ouvir por aqui.

Estamos de volta. Graças a dEUS!

Os dEUS na reativação do FrankMarques'blog

Os dEUS na reativação do FrankMarques’blog

Publicado em Música | Deixe o seu comentário

| SAM COOKE | Uma pistola calou-lhe a “Soul” há meio século

O rei da Soul morreu a 11 de dezembro

O rei da Soul morreu a 11 de dezembro

ECOS DO TEMPO

Às primeiras horas de 11 de dezembro de 1964, na “south central” Los Angeles, “Dama, baleaste-me!” (“Lady, you shot me!”) terão sido as últimas palavras proferidas por uma das grandes vozes americanas e uma das estrelas indomáveis da Soul. Carburado pelo álcool, depois de ter alegadamente tentado violar Elisa Boyer e vestindo apenas um casaco e sapatos (nada de roupa interior), Sam Cooke terá confrontado em plena receção a gerente noturna do modesto motel Hacienda, onde pouco antes havia chegado ao volante de um Ferrari vermelho e ali se havia registado com a acompanhante. A altercação com Bertha Franklyn, de 55 anos, terá sido também violenta e acabou com a rececionista a balear três vezes Cooke. Um dos tiros foi fatal. Após uma investigação, o tribunal considerou “o homicídio justificável”. Poucos meses depois, a mulher Barbara Cooke – sim, ele era casado e acabou num motel com outra mulher – casaria com um dos amigos de Sam, o na altura ainda desconhecido e menor de 21, Booby Womack, o qual, dizem, viria também a enganar Barbara, imagine-se, com Linda, a filha adolescente órfã de Sam Cooke. Uma história digna de uma verdadeira “soap opera”. No que aqui interessa, ficou a música e a história de Sam Cooke, o ” rei da Soul”, morto há meio século, aos 33 anos.

Entra aqui para veres alguns documentários sobre Sam Cooke

Publicado em Música | Etiquetas , | 1 Comentário

| SUPER ROCK | Regresso a Lisboa 20 anos depois da estreia

O histórico bilhete de 1995

O histórico bilhete de 1995

HISTÓRIA

De dois para três dias. De 8 e 9 para 16, 17 e 18 do mesmo mês de julho. Do ocidente para o oriente “alfacinha”. Duas décadas depois da estreia e após cinco edições em Sesimbra, o primeiro festival urbano de Rock está de regresso à capital portuguesa. A primeira confirmação e primeiro cabeça do cartaz de 2015 é Florence & the Machine (encerra o festival a 18 de julho). Sem menosprezar a capacidade de dar um bom concerto da britânica que há quatro anos se estreou no nosso país na Aula Magna, a expetativa de se repetir a “magia” que se revelou ser a primeira edição do Super Rock está longe de ganhar força. Admitimos que cá por casa havia a esperança de que a organização poderia tentar reunir no novo cartaz os projetos que mais se destacaram em 1995. Os Morphine, claro está, seria impossível, mas o trio do malogrado Mark Sandman mereceria certamente um tributo especial. Os membros sobreviventes do grupo mereciam. Os portugueses também. Depois, há o regresso confirmado aos discos de originais e aos palcos dos Faith no More. Os Therapy? também voltaram à estrada e para celebrar, exatamente, os 20 anos de “Troublegum”, o álbum com que surpreenderam Lisboa em 1995. Os Young Gods continuam bem ativos, os Jesus & Mary Chain também voltaram a reunir-se este ano e os The Cure vão e vêm conforme a vontade de Robert Smith.

Descobre aqui as novidades do Super Rock’2015 e recorda outros concertos de 1995

Publicado em Música | Etiquetas , , , , , , | 1 Comentário