|The 4ONTHEFLOOR| “Venda de discos tem sido tremenda”

O quarteto: BD1, BD2, BD3 e BD4

O quarteto: BD1, BD2, BD3 e BD4

As pancadas compassadas dos quatro “bass drums” (tr.: bombos) prendem-nos a atenção. As guitarras e a bateria dão ao som uma forma imediata de nos agarrar. A voz rouca, por vezes gritada, fecham-nos dentro da bolha que é a música dos The 4onthefloor, quarteto de Minneapolis que tem dado que falar pelos enérgicos concertos onde destilam Rock’n’Roll inspirado no Delta Blues do Mississipi. Há quem diga que o grupo nasceu no fundo de uma garrafa de Bourbon e quem os defina como “almas velhas a produzir incrível música nova”. Em nome próprio, o líder do quarteto e autodenominado “Bass Drummer 1” (BD1), Gabriel Douglas, de 30 anos, diz que apenas querem celebrar a vida e que essa é mesmo a principal fonte de inspiração. Formados em 2009, acabam de lançar o segundo álbum e chegaram aos nossos ouvidos através de “Lionhearted”, um dos temas de “4×4”, o álbum de estreia. Por enquanto, os concertos têm-se limitado à América do Norte, onde a recetividade e a procura dos álbuns têm deixado a banda satisfeita. Pela primeira vez a falar para Portugal, em mais um exclusivo do FrankMarques’blog, os The 4onthefloor sublinham o desejo de cruzar o Atlântico.

——————–
Página 2: Influências e o peso do “4”
——————–

“Lionhearted”, The 4onthefloor
(Vídeo oficial retirado do álbum “4×4”, 2011)

FrankMarques – Acabam de lançar, “The Spirit of Minneapolis”, o segundo álbum em 4 anos. Será com ele que vão, finalmente, cruzar o Atlântico rumo à Europa?
Gabriel Douglas (BD1), The 4onthefloor –
Esperamos que sim! Gostávamos muito de fazer uma digressão pela Europa e partilhar a nossa música para lá do Atlântico.

De quem foi a ideia de adotarem em definitivo os 4 bombos que usavam nos primeiros ensaios? E o que ganhou o grupo com eles?
Foi uma ideia minha. Usamos os bombos desde o nosso primeiro concerto. Tenho a certeza que a música seria tão forte e apelativa mesmo sem eles, mas julgo que o ponto sai à casa com a adição dos outros três bombos.

Os 4 "bass drummers" de  Mineappolis

Os 4 “bass drummers” de Mineappolis

O nome do grupo é associado a esses 4 bombos. Se um dia decidirem deixar de os usar, admitem mudar de nome?
Jamais o iremos admitir (a não ser que esse dia chegue…).

Formaram-se em 2009 e o primeiro álbum surgiu apenas em 2011. Esses dois primeiros anos serviram para juntar dinheiro para a gravação ou apenas para escrever as músicas todas que integraram “4×4”?
O primeiro par de anos serviram para tocarmos toneladas de concertos nos Estados Unidos e aperfeiçoar o material que acabou por surgir no álbum.

Descobrimos o grupo através do cativante e catalisador “Lionhearted”(tema para escuta na abertura). O que nos podem contar sobre essa música?
É sobre descobrir o que há pelo Mundo à nossa espera e depois ser ativo nessa vida que encontrarmos. “Sê aquilo que a tua vida te dita” pode ser uma boa forma de o resumir. O segundo verso da música foi a última coisa a ser gravada para o primeiro álbum. Foi uma das últimas músicas nesse primeiro disco e esse segundo verso foi escrito mesmo no último dia que estivemos no estúdio a gravar as vozes.

“King of the jungle”, The 4onthefloor
(Tema do segundo álbum, “The spirit of Minneapolis”, Basilica Block Party, julho de 2011)

O que mudou de “4×4” para “Spirit of Minneapolis”, o novo disco?
Tivemos tantos concertos e tantas experiências entre os dois discos. Estivemos em tantos estúdios diferentes para além daquele em que gravámos o “4×4”. O “Spirit of Minneapolis” foi gravado, sobretudo, no Sacred Heart, que é uma antiga catedral em Duluth, Minneapolis. Algumas das músicas, porém, saíram do Creation Audio, também em Minneapolis, e do April Base em Eau Claire, no Wisconsin.

Quais são as vossas maiores fontes de inspiração? Na apresentação do novo disco, por exemplo, é referido o espírito da rebelião americana…
A vida. As nossas experiências. A condição humana. Estamos todos neste planeta Terra ao mesmo tempo e a tentar perceber o sentido de tudo isto. Em simultâneo, desfrutar do tempo que partilhamos com toda gente é algo muito importante para nós. É celebrar a vida.

“The Spirit of Minneapolis”, The 4onthefloor (2013)
(álbum para escuta em streaming)

Como está, neste momento, o espírito da América? Estará Obama no caminho certo?
Os políticos podem ser, em definitivo, um espinho para qualquer nação. E a América não é exceção. Houve muita coisa de nos pudessemos orgulhar durante a minha vida e durante a presidência de Obama, mas houve também muito coisa que foi desmotivante. Estou orgulhoso de ser do Minnesota. Estou orgulhoso de ser americano. E o Obama fez o suficiente para conseguir o meu voto nele por duas vezes.

O Presidente parece ser um amante de Rock e tem, inclusive, promovido algumas bandas. O que pensam dele, para lá do político?
Acho que ele é melhor dançarino que eu. E ser o Presidente envelheceu-o bastante, tal como aconteceu a todos os presidentes que passaram por ali.

“… And the 4 Riders Approached at Dawn”, The 4onthefloor
(EP lançado em agosto de 2011 – Escuta em streaming)

Como analisa a crise que afeta o mundo e de forma mais particular, na Europa, os casos de Portugal, Espanha e Grécia?
Tenho acesso a muita informação sobre o que se passa na Europa através dos opinadores e comentadores nos meios de comunicação. Mas a Internet também tem sido um grande recurso para descobrir fontes diretamente nesses países afetados. Estou a par da enorme batalha económica por que passa a Europa. Estamos todos juntos nisto, por isso eu tento estar a par de todos os acontecimentos que se vão sucedendo no Mundo. Li muito recentemente também, por exemplo, sobre o que se passa na Líbia.

O que sabem de Portugal, da nossa música?
Para ser honesto, não sei muito. Adorava ouvir algumas bandas. Por favor, indiquem-me algumas que costumem ouvir e digam-me quais os projetos portugueses mais importantes que eu deva ouvir.

“On tuesdays”, The4onthefloor
(Tema do álbum de estreia “4×4”, ao vivo no The North Bar, em Rochester, setembro de 2012)

——————–
Página 2: Influências e o peso do “4”
——————–

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s