| PRIMAVERA SOUND’16 | De Barcelona para o Porto

Savages no PS2016 Barcelona

Savages no PS2016 Barcelona

LANÇAMENTO

Estivemos em Barcelona, a acompanhar a 16.a e maior edição de sempre do Primavera Sound. Esta quinta-feira, começa a 5.a edição da edição portuguesa do evento catalão. Na reportagem de 3 dias realizada em exclusivo para a euronews sugerimos alguns dos concertos que tivemos oportunidade de assistir em Barcelona, onde, curiosamente, este ano não houve qualquer artista português. Juntamos, aqui, também algumas sugestões de outros que temos a certeza poderão encher as medidas de quem gosta de um bom e vibrante concerto de Rock.

Como exemplo, deixamos as imagens de um dos grandes momentos do Primavera Sound de Barcelona, com um dos nomes que também faz parte do cartaz do Porto: Ty Segall & the Muggers (Palco ATP, sábado, 11 de junho, 01h). Perto do final da atuação no passado sábado, o norte-americano, que celebra 29 anos esta quarta-feira, cedeu o microfone a um elemento do público e isto foi o que aconteceu:

Portugueses abrem no Porto

A 5.a edição do Primavera Sound Porto abre esta quinta-feira com um projeto português. Os Sensible Soccers, de Vila do Conde, lançaram este ano o segundo disco, “Villa Soledade”, e sobem ao palco Super Bock pelas 17 horas.

Do alinhamento deste primeiro dia na Invicta, em Barcelona pudemos assistir aos espetáculos de Sigur Rós e Animal Collective, dois projetos que atuam sucessivamente a fechar o Palco NOS.

Os islandeses, primeiro, com um espetáculo onde a estética visual promete impressionar. A música, em si, exigiria, na nossa opinião, um contexto mais apropriado, mas os fãs mais puristas não ficarão defraudados.

O coletivo “animal” norte-americano, por seu turno, apresentou um “set” dançável, repleto de “samplers” e “loops”, prometendo no Porto uma boa transição para os DJ que encerram a noite.

O segundo dia, sexta-feira, volta a abrir com um projeto português. White Haus é o projeto paralelo de João Vieira, vocalista dos X-Wife, prestes a lançar o segundo álbum. O primeiro single, “This is Heaven”, já se ouve e fará, claro, parte do concerto de sexta-feira.

O “D-2” no Porto promete ser o mais parecido dos três à experiência por vezes frustrante que foi assistir ao PS’2016 de Barcelona: opções exigem-se, mas a preferência deverá manter as plateias diante dos palcos NOS e Super Bock, onde, de forma sucessiva, vão atuar Destroyer, Brian Wilson a tocar o “Pet Sounds” dos Beach Boys, Savages e PJ Harvey.Todos recomendáveis, em especial o quarteto feminino liderado pela “vulcânica” Jenny Beth (foto em cima).

O cartaz do Primavera Sound Porto 2016

Pelo que assistimos em Barcelona, sugerimos um desvio até ao Palco ATP, pelas 19 horas, para descobrir os “beats downtempo” dos Beak, o projeto paralelo de Geoff Barrow, dos Portishead, seguidos logo a seguir pelo Rock de boa memória e empolgante dos Dinossaur Jr. e um pouco mais tarde pelos bem conhecidos Mudhoney. Para quem gosta de “space pop” e ritmo de embalar, há ainda Beach House.

O terceiro e último dia abre com o catalão Manel, mas deverá ser o Rock sónico dos portugueses Linda Martini, pouco depois, a conseguir o primeiro grande momento desta jornada. Com os dois palcos principais mais dedicados a ritmos eletrónicos, com os holofotes a reciar em particular, nos franceses Air, será no palco Pitchfork que deverá haver mais vibração.

O mapa do Primavera Sound Porto 2016

Car Seat Headrest e Titus andronicus foram responsáveis por bons concertos em Barcelona, os Shellac, de Steve Albini, já são habitues com selo de qualidade nos cartazes do “Primavera” e os Royal Headache não vão defraudar quem optar por ir vê-los.

No Palco ATP, salientamos dois nomes que se destacaram também em Barcelona. O ex-Pussy Galore e Royal Trux Neil Michael Hagerty entra em cena pelas 19 horas e o já referido na abertura deste artigo Ty Segall promete não deixar ninguém adormecer no encerramento deste palco. De resto, há mais opções disponíveis e cada um, claro, é livre de fazer as suas escolhas. Da nossa parte, apenas um desejo: divirtam-se!

Esta entrada foi publicada em Concertos: Reportagem, Música com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s