| KINGS OF LEON | Regresso a Portugal 9 anos após estreia

Nathan, Matthew, Jared e Caleb Followill

Estrearam-se em Portugal a 30 de maio de 2004, na terceira noite da primeira edição do Rock in Rio Lisboa. A 14 de julho de 2013 estão de volta. Uma década depois da excitante estreia em disco, os KoL, como são conhecidos, apresentam-se no Festival Alive para promover, tudo indica, o sexto álbum de originais. A banda dos irmãos Followill é o segundo cabeça de cartaz anunciado para o festival de Algés, depois dos Depeche Mode.

“King of the rodeo”, Kings of Leon
(gravado a 30 de maio de 2004, no Rock in Rio Lisboa, via SIC Radical)

Problemas de álcool minimizados, casamentos e filhos no berço. Depois de uma pausa abrupta na carreira, os Kings of Leon estão de volta e são, naquilo que nos interessa em Portugal, o segundo cabeça de cartaz anunciado para o Festival Alive. Será, curiosamente, apenas a segunda visita do grupo ao nosso país depois da passagem pela primeira edição do Rock in Rio Lisboa, em 2004, onde partilharam o palco da terceira noite do evento com nomes como os Foo Fighters ou os Xutos & Pontapés.

Nathan e Jessie Baylin; Caleb e Lily Aldridge (ainda grávida); Jared e Martha Patterson

Os KoL, como são apelidados, regressaram aos palcos há quase de duas semanas, depois de em agosto de 2011 terem interrompido uma digressão norte-americana e anunciado em novembro uma pausa, garantiram, necessária na carreira do grupo. O vocalista Caleb Followill, de 30 anos, passou por uma terapia para reduzir o consumo de álcool, casou em maio do ano passado e em junho deste ano foi pai de uma menina. O baixista Jared Followill, que celebra 26 anos a 20 de novembro, acabou de se casar e criou um outro projeto (Smoke & Jackal). O baterista Nathan Followill, o mais velho dos manos, que faz 34 em janeiro, está à espera do primeiro filho. O guitarrista Matthew Followill, tal como o primo Nathan, está casado desde 2009m nas já é pai desde meados de 2011.

Resolvida, ao que parece, a questão familiar, os Kings of Leon estão de volta ao trabalho. Caleb têm estado a escrever as músicas novas e Jared anunciou em agosto que o grupo deverá ter o sexto álbum pronto no início de 2013. A 3 de outubro, a banda atuou em São Francisco, num concerto privado só para convidados, em que chegaram a ter em palco Eddie Vedder, dos Pearl Jam, que atuaram logo a seguir. Mas a 20 de outubro, os KoL regressaram mais a sérios aos palcos, apresentando-se no Festival Terra, em São Paulo, para um concerto em que tocaram 20 temas, incluindo um encore.

“Knocked up”, Kings of Leon
(ao vivo no Festival Terra, Brasil, 2012 – publicado por jefferson repizo)

No concerto em São Paulo, os Kings of Leon, curiosamente, arrancaram com três músicas retiradas aos dois primeiros álbuns, o que revela bem a importância deste período na carreira dos Followill. De esperar, pela organização do Alive, é a exigência do grupo em ter nos camarins um “salão” de jogos. Foi uma das exigências que fizeram recentemente no Brasil.

Setlist (Festival Terra, Brasil, 20 de outubro de 2012)
1. Molly’s Chambers
2. Taper Jean Girl
3. Four Kicks
4. The Immortals
5. Fans
6. Back Down South
7. Crawl
8. No Money
9. Radioactive
10. Notion
11. Be Somebody
12. Closer
13. Pyro
14. On Call
15. Knocked Up
16. Sex on Fire
Encore
17. The Bucket
18. Manhattan
19. Use Somebody
20. Black Thumbnail

Bilhetes para o Alive’13
Já estão à venda os ingressos para a edição de 2013 do Alive, que se vai realizar de 12 a 14 de julho. As modalidades são as seguintes:
Bilhete diário: €53
Passe 3 dias: €105

Nathan, Caleb, Matthew e Jared Followill

Biografia:
Os kings of Leon formaram-se em 1999, depois dos 3 irmãos Followill – Nathan, Caleb e Jared – terem trocado o Oklahoma pelo Tennessee. Filhos de um padre da igreja Pentecostal, andaram de casa às costas a reboque da digressão missionária do progenitor. Depois do divórcio dos pais, em 1997, os dois manos mais velhos fixaram-se em Nashville e abraçaram o mundo do Rock que até aí lhes tinha sido proibido. Em 1999, juntou-se-lhes o mano mais novo, Jared, e o primeiro Matthew. Nasciam aí os Kings of Leon, que escolheram o nome em homenagem ao avô, Leon.

“Holy roller novocaine”, Kings of Leon
(gravado ao vivo através da BBC – publicado por sofiasss13)

Quatro anos foi o tempo que demorou até terem nas mãos algo sólido para mostrar. O EP “Holy roller novocaine” foi o disco de estreia, saiu em fevereiro de 2003. 4 das 5 músicas desse EP viriam a fazer parte do álbum de estreia, “Youth and young manhood”, lançado a 7 de julho desse ano (o concerto no Alive acontece poucos dias depois desse disco cumprir 10 anos).

Da ganga aos fatos Gucci: Uma década

Pouco mais de um depois, os KoL lançaram o segundo longa duração. “Aha shake heartbreak” saiu em outubro de 2004, cinco meses depois da estreia do grupo em palcos portugueses. O álbum mantinha a irreverência e o ritmo cativante do primeiro, solidificando a carreira do grupo num registo em clara ascenção: o Garage Rock. digressões consequentes ao lado de nomes como Bob Dylan e Pearl Jam elevaram o grupo a um nível mais popular. E por aí se explkicam os passos seguintes dos KoL, que assumiram um registo mais comercial e virado para as playlists das rádios “mainstream.”

“Sex on fire”, Kings of Leon
(video oficial retirado do álbum “Because of the times”, 2008)

“I kind of wrote it when I was drunk. I didn’t want it to be too cliché and too corny. I knew the hook so I wrote one song about two people that hated the sight of each other but the sex was so good that they couldn’t stay away. And then I wrote one that was just way too explicit. I just kind of tried to find a happy medium there somewhere.”

:Caleb Followill sobre “Sex on Fire”

“Because of the times”, o terceiro álbum, foi lançado em abril de 2007, quase 3 anos depois do segundo. “On call”, o primeiro single”, revelou desde logo a acalmia no som do grupo e a perda da “vibe” que tanto os caraterizou nos primeiros registos. Os KoL tornavam-se, então, um grupo à procura de concertos de estádio, na linha dos Muse ou dos Coldplay. Em 2008, lançaram o quarto álbum, “Only by the night”, de onde saiu porventura o maior sucesso comercial do grupo, “Sex on fire”, tema que tem vindo a ser colocado em tops das músicas mais sensuais do planeta, ao lado de nomes como Marvin Gaye ou Barry White.

Nathan e Caleb ao vivo na Australia (dezembro 2007)

Cada vez mais longe do fulgor Garage dos primeiros tempos, os KoL ganhavam por outro lado uma posição cada vez mais segura no Pop Rock mundial. Em 2010, porém, o quinto álbum, “Come around sundown”, não acompanhou a fama, recebeu críticas pouco abonatórias e as vendas baixaram face aos anteriores discos. A digressão internacional abarcou mais de 50 países, mas em agosto de 2011 teve um revés quando Caleb deixou o palco durante um espetáculo em Dallas, queixando-se do calor. Não voltaria e poucos dias depois a banda cancelava a digressão americana. Voltariam uns meses mais tarde para cumprir os concertos marcados no Canadá, mas em novembro anunciaram uma pausa de pelo menos 6 meses, com notícias a circular de que Caleb havia recorrido a ajuda profissional para combater o alcoolismo.

“Molly’s chambers”, Kings of Leon
(gravado no Festival SWU, Brasil, 2010 – publicado por DrinksAndBrasas)

Quase um ano depois, os Kings of Leon estão de volta. Com filhos nos berços e mais um a caminho, o de Nathan, a banda começou por dar um concerto privado em São Francisco, no início de outubro, apresentando-se mais tarde num festival brasileiro. Já marcados para o futuro estão, para já, 3 concertos: em dezembro, na Argentina; em junho, na Alemanha; e em julho, em Portugal. Só falta mesmo o sexto disco, que estará no “forno”…

PinkPop Festival (concerto completo)
(gravado a 12 de junho de 2011)

Setlist:
1. Four Kicks
2. Taper Jean Girl
3. The Bucket
4. Radioactive
5. My Party
6. The Immortals
7. Fans
8. Back Down South
9. Crawl
10. No Money
11. Charmer
12. Notion
13. Closer
14. Pyro
15. Mary
16. Molly’s Chambers
17. On Call
18. Knocked Up
19. Use Somebody
20. Sex on Fire
21. Black Thumbnail

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Música com as etiquetas , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s