| TOM VEK | A alma voltou a tossir em Lisboa

Tom Vek a marcar o beat

A 8 de setembro de 1996, um concerto na Aula Magna deixou Lisboa de boca aberta. As notas de baixo, a voz grave, o ritmo jazzy misturado com uma atitude rock. Eram os Soul Coughing, de quem pouco se sabia na altura. A 28 de outubro deste ano, 15 anos depois, a sensação repetiu-se com uma pequena diferença: este britânico não era assim tão estranho. Sala cheia para dançar e cantar num concerto há muito aguardado…

Primeira parte entregue à folk-pop-tuga de Old Jerusalem. A one-man-guitar-band de Lisboa recebeu a chegada das cerca de 200 pessoas que na sexta-feira, 28 de outubro, se deslocaram ao MusicBox, na capital lusitana, para assistir à aguardada estreia em Portugal de Tom Vek, um britânico acabado de fazer 30 anos e de lançar o segundo álbum da carreira. A expetativa era grande e muito por causa do primeiro disco do rapaz, “We have sound”, de 2005.

Thomas Timothy Vernon-Kell entrou em palco à hora marcada: 1h da manhã. Com ar de “nerd” introvertido, mas com um sorriso que deixa perceber traquinice, Tom Vek mostrou saber ao que vinha, onde estava e para quem ia actuar. Arrancou com uma repescagem do tal primeiro disco, “C+C (you set the fire in me)”. O corpo dos presentes rapidamente assumiu vida própria para lá do que os olhos ainda pretendiam perceber e foi natural que o mar de gente se unisse numa dança sincopada ao som da “bass guitar” do miúdo e dos arremessos do baterista que o acompanha “on tour”. Os três elementos da banda de Vek, aliás, procuraram manter-se discretos, deixando o foco para o verdadeiro artista. Mas, em suma, foram competentes.

Tom Vek, porém, anda a promover o novo álbum, “Leisure Seizure, o qual gravou sozinho, desta feita num estúdio melhor apetrechado do que há seis anos. E foi logo ao segundo tema, “We do nothing”, que entrou neste novo capítulo da carreira que levou mais de cinco anos a ver a luz. O público mostrou estar a par das novidades. O som da sala estava bom, o ambiente era convidativo à dança, sem apertos. E o Jameson, a marca de whiskey que deu nome à iniciativa da noite (“Jameson Urban Routes”), dava um tom “malte” ao espetáculo.

Até a Setlist dançou

Após a segunda música da noite, um colaborador de Vek surgiu em palco, colocou folhas escritas à mão sobre as “set-lists”, coladas no palco à frente de cada um dos quatro músicos. Mas não durou muito. Escassos minutos depois foi retirada. A banda seguiu o que estava estipulado e saltou de álbum em álbum perante uma receptividade ao mais alto nível. O que levou Vek a ficar cada vez mais à vontade e a aumentar o número de palavras dirigidas ao público entre temas. “É um enorme prazer estar aqui”, confessou o multi-instrumentista perto do final do concerto.

.

A alma de Tom entregou-se a Lisboa

Cerca de uma hora depois do arranque, a “tosse” chegava ao fim. “Aroused”, do último disco, assinalou a despedida já depois de ter sido entoado em coro pelo público “I ain’t saying my goodbyes”, o tema que espoletou em 2006 o interesse português em torno do primeiro disco do britânico. Para a história fica um concerto na linha jazz-rock que os Soul Coughing mostraram 15 anos antes na Aula Magna. A esperança é que, ao contrário dos americanos, Vek tenha tomado o gosto a Portugal e volte o quanto antes.

A plateia ao rubro

“Aroused”, vídeo oficial do tema que fechou o concerto de Tom Vek, em Lisboa

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Concertos: Reportagem, Música com as etiquetas , , . ligação permanente.

2 respostas a | TOM VEK | A alma voltou a tossir em Lisboa

  1. tiago ( eclipserecords ) diz:

    bom trabalho:) tenho de te enviar tambem algumas fotos:) excelenteeeee concerto:)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s