| STONE ROSES | De regresso aos concertos

Os Stones Roses em 1989

A banda de Ian Brown, John Squire, Mani e Reni está de volta. Os britânicos acabam de anunciar e Londres uma “extensa” digressão para 2012. “E vamos continuar juntos tanto quanto conseguirmos”, afirmou Ian Brown, que ultrapassou a zanga com Squire e até admitiu um disco novo no futuro. Dos concertos é que ainda só há notícia de dois marcados. Ambos em Manchester, a “casa-mãe” do projecto.

Os Stone Roses estão de volta. A formação, que conta apenas dois álbuns de originais no currículo, decidiu enterrar o machado de guerra, especialmente o vocalista Ian Brown e o guitarrista John Squire, e anunciou esta terça-feira o regresso aos concertos 15 anos depois de se ter separado. E o grupo até admite um eventual disco novo para os próximos tempos. Cada elemento do projeto confirmou questões pessoais na base da reunião, mas Brown foi mais longe e atacou o estado global da música, que considera “aborrecido, cinzento e corporativo sem que ninguém diga nada contra”. “As pessoas precisam de arrebitar em tempos como estes”, sublinhou o vocalista, de 48 anos, que passou a solo pela última edição do Super Rock e deixou, nessa condição, poucas saudades.

“Fools Gold”, Stone Roses (Single isolado, editado em 1989)

Perto de completarem 50 anos (o baixista Mani e Squire são os mais velho e fazem 49 em Novembro, Brown fez 48 em Fevereiro e o baterista Reni fez 47 em Abril), os elementos dos Stone Roses anunciaram o regresso numa conferência de imprensa marcada para o efeito em Londres.

Parafraseando o título do último disco dos Arctic Monkeys, Mani, que deixa assim os Primal Scream para “seguir o sonho”, caracteriza este regresso dos Stone Roses como um “suck it and see thing” (tr.: “algo mpara chupar e ver”), como que a dizer que logo se vê onde isto os vai levar. Reni, por sua vez, que foi o primeiro a bater com a prta em 1995, garante que já ficava satisfeito se a banda aguentasse “pelo menos 12 meses.”

“I wanna be adored”, Stone Roses (“The stone roses”, 1989)

Os planos do grupo passam por uma “extensa digressão”. Mas, por enquanto, apenas são conhecidos dois concertos na cidade natal. A 29 e 30 de Junho de 2012, os Stone Roses vão actuar no Heaton Park, de Manchester.

É um regresso para ir acompanhando…

“Love spreads”, Stone Roses (“Second coming”, 1994)

Esta entrada foi publicada em Música com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s