| JOY DIVISION | “Questões legais” adiam EP de Peter Hook

Novidades de Joy Division em banho-maria

Estava anunciado para ser lançado segunda-feira, 9 de Maio. Mas, 24 horas depois, o disco continua sem ver a luz do dia. “1102 | 2011” contém três versões de músicas já conhecidas dos Joy Division, interpretadas no feminino pela voz de Rowetta, ex-vocalista dos Happy Mondays. A cereja no topo do bolo, porém, é “Pictures in my mind”, a música inacabada de Ian Curtis a que Peter Hook dá a voz.

“A Haçienda Records, infelizmente, tem de anunciar o atraso no lançamento do EP “1102 | 2011″ dos The Light [n.r.: o projecto encabeçado por Peter Hook] devido a questões legais”. É desta forma que abre o mais recente comunicado publicado no site oficial da empresa do baixista dos Joy Division e New Order. Assinado pelo próprio, por Rowetta, pelos The Light e pela editora, o documento acrescenta a “confiança de que estes problemas sejam temporários, não permanentes e que possam ser resolvidos em breve”. A possibilidade desta edição nunca vir a acontecer não é, assim, totalmente descartada.

“Obrigado a todos pelo vosso suporte. Actualizaremos as notícias assim que pudermos”, finaliza o comunicado, no qual o projecto aproveita para revelar a totalidade do “artwork” do novo registo. O site “Slicing up eye balls” especula sobre a possibilidade das “questões legais” estarem relacionadas com os interesses de Bernard Sumner e Stephen Morris, os outros membros vivos dos Joy Division. E garante ter contactado representantes de Peter Hook, que terá declinado comentar esses, até ver, rumores. Certo, porém, é que o EP “1102 | 2011”, embora ainda não editado, já mexe e há pelo menos dois vídeos a circular pela Internet com temas desse disco.

“Atmosphere”

“Pictures in my mind”

Os Joy Division quando tudo estava bem

Peter Hook e os The Ligh continuam em digressão itinerante pela Europa. Mas na próxima semana, quando se completarem a 18 de Maio 31 anos sobre a morte de Ian Curtis, o projecto volta ao palco da discoteca Fac51 Haçienda, a famosa Factory, onde há um ano iniciou o rol de concertos de celebração do álbum “Unknown Pleasures”, o primeiro dos Joy Division, espectáculo que passou por Paredes de Coura e, já este ano, pela Casa da Música, no Porto. Agora o baixista compromete-se a tocar na íntegra “Closer”, o segundo registo do mítico quarteto de Manchester. O sucesso da iniciativa motivou a marcação de um segundo concerto para a noite seguinte no mesmo palco. Seguem-se Holanda, Irlanda, Brasil…

“Disorder”, tocada na Factory a 18 de Maio de 2010

Artigos relacionados:
Peter Hook revê “Ian Curtis” no feminino
Peter Hook leva “Closer” ao palco
Música nova de Joy Division revelada
EP de estreia editado
Peter Hook leva “Still ” a palco

Esta entrada foi publicada em Música com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s