A morte dos singles nas nossas mãos aproxima-se

Estas compilações podem ter os dias contados

Certamente não vão acabar todos assim de repente. Até porque as rodelas de 45 rpm e, acima de tudo, as de 33 rpm estão outra vez na moda. Mas já há quem veja como um custo demasiado alto estar a produzi-las aos milhares (ou milhões) para depois darem prejuízo. A decisão, para já, é apenas de uma editora multinacional, mas vai afectar alguns dos grandes nomes da música actual.

A Mercury Records não vai produzir mais singles em corpo físico, seja em vinyl ou em compact disc (CD). A aposta da agora editora inglesa, que foi fundada em 1945 nos Estados Unidos, vai centrar-se agora no mercado virtual da Internet, avançou o jornal britânico Daily Mail. As músicas passam a ser comercializadas individualmente apenas através de downloads. E esta medida vai afectar bandas do calibre dos Jamiroquai, Bon Jovi, The Killers, Lamb, Metallica, Nashville Pussy, Noisettes, Portishead e até os U2 ou Elton John.

A Mercury, ainda assim, admite abrir excepções de quando em vez. Mas apenas quando o lucro for garantido na edição desses discos físicos. A morte do single, sugerida simbolicamente no título deste artigo, reporta-se apenas a novas edições e, mesmo que se venha a concretizar, ainda está longe de acontecer. Até porque há pequenas editoras a investir quase em exclusivo neste tipo de aposta. E muita gente interessada em continuar a manusear os discos de vinyl, sejam singles ou LP’s. Mas que este é mais um forte sinal de que a indústria da música está a mudar ai isso é!

Esta entrada foi publicada em Música com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s