| LAMB | De regresso a Portugal e trazem “5”

Andy Barlow e Lou Rhodes em 2011

Foram uma das bandas que causou maior impacto no nosso país no final do milénio passado. Protagonistas de actuações incríveis. Acima de tudo, em Paredes de Coura, onde houve troca de agressões por quererem tocar mais do que o combinado. Depois de interromperem a parceria em 2004, Lou e Andy reuniram-se em 2009. Agora, têm novo disco e uma digressão em perspectiva com três escalas na ocidental praia lusitana.

Os Lamb estão de volta aos discos. Este ano, a dupla Lou Rhodes e Andy Barlow lança o álbum “5”, que mais não é do que o quinto longa duração do projecto e o sucessor de “Between darkness and wonder”, de 2003. O disco é editado em Maio, altura em que iniciam uma digressão europeia que vai ter três escalas em Portugal, país com que partilham uma ligação especial desde a mítica estreia, na Aula Magna de Lisboa, em 1996.

Andy e Lou visitam em Junho três cidades lusitanas: Lagoa, Lisboa e Porto. A 10 de Junho, dia de Camões e das Comunidades, os britânicos actuam no Pavilhão do Arade, no Algarve; um dia depois apresentam-se no CCB alfacinha; e na véspera do dia de Santo António, noite de bailarico até às tantas na capital portuguesa, actuam no Coliseu de Lisboa. Esperam-se casas cheias para os receber.

Andy e Lou em 1996

Na história desta forte ligação entre os Lamb e Portugal estão vários concertos dados no nosso país e que fizeram crescer um culto enorme à volta do projecto. O último espectáculo aconteceu já depois da reunião em 2009, integrando o cartaz do Festival Marés Vivas de 2009. Um reencontro mágico, tanto para o público como para a banda. Andy e Lou, dizem os relatos, não refrearam as manifestações de agradecimento. Mas, atrás no tempo, ninguém esquece as actuações na Aula Magna, especialmente a primeira, e a de Paredes de Coura, onde Andy Barlow se envolveu numa confusão por não os deixarem tocar mais do que o inicialmente conversado.

O próprio Andy Barlow explicou uns meses depois o que aconteceu no Minho, em entrevista ao jornal Público, de 19 de Novembro de 1999.

“Havia uma série de bandas que tinham estado a tocar o dia todo, durante duas horas, faziam pausas de dez minutos e depois voltavam… Não havia indicação quanto ao tempo que as bandas podiam estar em palco, portanto, sabia que podíamos tocar tanto quanto nos apetecesse. A banda que actuara na mesma posição que nós na véspera tinha sido os dEUS [na realidade, foram os Gomez, os dEUS foram cabeça de cartaz do primeiro dia do festival] e tocaram duas horas. Disseram-nos que podíamos tocar durante uma hora com direito a encore. Cerca de uma hora e cinco minutos de concerto voltámos ao palco e disseram-nos que não podíamos fazer o encore porque tínhamos esgotado os cinco minutos que deviam servir para isso. Respondi-lhes que era ridículo, que o público estava a gostar imenso. Um dos tipos insultou-nos: ‘Foda-se, saiam do meu caminho, estou a tentar trabalhar’.
Ele estava a ser um idiota, disse-lhe que não podia fazer aquilo: ‘Veja só a multidão!’
Ele voltou a insultar-nos, eu tinha uma toalha à volta do pescoço, atirei-lha e foi aí que um dos seguranças entrou no palco e me deu um murro. É o tipo de coisa que acontecia nos anos 70 com os AC/DC, não é? Aquilo transformou toda a energia do espectáculo em pura agressão. E podia ter desencadeado uma perigosa reacção no público.

Os Lamb, entretanto, acabam de regressar a Londres, onde agora têm o quartel-general montado, depois de uma mini-tour de três concertos na Austrália. O duo andou a mostrar algumas das músicas novas “down under” e, pelo meio, deu uma entrevista à ChinaShopMag em que revelam as histórias por trás da reunião, do novo disco e das músicas que acabam de gravar. E para os ouvir na própria voz a contar essas histórias há também a entrevista gravada em vídeo para a ABC Arts, na Austrália.

Vídeo gravado na recente tour pela Austrália

Mais informação sobre os Lamb:
Myspace oficial
Site oficial

Esta entrada foi publicada em Música com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s