Nitzer Ebb vão pôr Castelo de Leiria a dançar

Douglas McCarthy vai juntar-se "in the chant" em Leiria

Nitzer Ebb acabam de anunciar a passagem por Portugal no final de Julho. Depois de um concerto cancelado em Lisboa, em 2007, os britânicos são a mais recente confirmação no Entremuralhas – Festival Gótico 2011, que se realiza no interior do Castelo de Leiria entre 29 e 31 de Julho. Será finalmente a tão aguardada estreia dos autores de “Let Your Body Learn” num palco desta ocidental praia lusitana.

A notícia é avançada pela própria banda através do site oficial e das respectivas redes sociais: os Nitzer Ebb têm concerto marcado para Portugal, a 29 Julho deste ano. O espectáculo, a realizar em Leiria e o primeiro dos britânicos no nosso país, será inserido no Festival Fade In, que se estende por vários meses do ano, em diversas espaços da cidade leiriense, e que este ano abre a 16 de Abril com uma actuação de outra “divindade” do universo gótico, Diamanda Galás. A presença dos Nitzer Ebb, segundo esclareceu ao FrankMarquesBlog um elemento da organização, insere-se na extensão de Verão do Fade In, que é intitulada Entremuralhas e se estende ao longo de três noites dentro do Castelo de Leiria. Para além do trio britânico, este evento no pico do estio leiriense (29-31 Julho) e sub-intitulado Festival Gótico 2011 vai também contar com mais oito bandas distribuídas por dois palcos baptizados como Alma e Corpo.

O Entremuralhas é promovido pela associação cultural Fade In, entidade sem fins lucrativos, que desde 2001 organiza o que no myspace oficial define como “um festival internacional de música diferenciada”. Com uma aposta declarada “em artistas e bandas de culto com créditos firmados ou em valores emergentes oriundos de qualquer área musical, seja ela orgânica ou eletrónica, luminosa ou obscura, regrada ou transgressora, da cena nacional ou internacional”, o Fade In 2011 decidiu trazer este ano uma das bandas fétiche dos Depeche Mode, que desde os finais da década de 80 têm espalhado o “pânico” pelas pistas de dança e no ano passado, depois de mais de uma década de intervalo, voltou aos discos originais. Sem contar com uma compilação de êxitos e remisturas, é preciso recuar 15 anos até ao último álbum de originais editado pelos Nitzer Ebb.

A capa do álbum de 2010

É, por conseguinte, o álbum “Industrial Complex” que a banda têm andado a mostrar na estrada. Os britânicos não dão muitos concertos, mas pelas críticas dos mais recentes continuam a “incendiar” palcos. E o mais recente registo discográfico é um poço de música energética que promete não deixar ninguém indiferente nos concertos.

Após o anúncio da banda, a organização do Fade In confirmou ao FrankMarquesBlog a estreia dos Nitzer Ebb a Portugal, revelando o local do concerto, mas adiantando que o preço dos bilhetes ainda não foi fixado para a edição deste ano do Entremuralhas.

BIOGRAFIA
Os Nitzer Ebb “nasceram” em 1982. Arrancaram como um trio formado em Essex, Inglaterra, pelos colegas de escola Vaughan ‘Bon’ Harris (sintetizadores, teclas, bateria e voz), Douglas McCarthy (vocalista) e David Gooday (bateria). Os três partilhavam interesses em rituais pagãos e bruxaria. Na música inspiravam-se em bandas como os DAF, Killing Joke e Bauhaus. Com alguns singles editados e a dar que falar, o trio edita em 1987 o primeiro álbum, que logo prende a atenção dos elementos dos Depeche Mode, que os convidam pela primeira vez para fazer as primeiras partes dos respectivos concertos. Foi a primeira de muitas colaborações similares entre as duas bandas.

O culto continuou a crescer à volta dos Nitzer Ebb e, por alturas da passagem para a década de 90, eram presença quase obrigatória nas pistas de dança europeias. Ao quinto álbum, porém, a banda decidiu separar-se depois de uma digressão que ficou aquém das expectativas e que deixou a ideia de o som dos Nitzer Ebb estar deslocado do tempo.

A nova formação (esq>dta): Payne, Harris e McCarthy

Dez anos depois, McCahrthy e Harris, então a residir nos Estados Unidos e a produzir discos para, entre outros, Marylin Manson e Billy Corgan, decidiram relançar os Nitzer Ebb e embarcaram numa digressão em 2006 para a qual contrataram o baterista Kourtney Klein. Nesse mesmo ano foi editada a compilação de êxitos “Body of work”, que inclui o período entre 1984 e 1997. Um ano depois, os Nitzer Ebb começaram a trabalhar em novo material. Klein foi substituído na bateria por Jason Payne. Seguiu-se o single “Once you say”, com apoio vocal de Martin L. Gore, dos Depeche Mode. Esta e outras músicas posteriores foram incluídas no novo álbum “Industrial Complex”, lançado em Janeiro de 2010 e que serve de base à presente digressão.

DISCOGRAFIA
“Basic Pain Procedure” (demo-tape de 1983)
“That Total Age” (1987)
“So Bright So Strong” (1988)
“Belief” (1989)
“Showtime” (1990)
“As Is” (EP de 1991)
“Ebbhead” (1991)
“Big Hit” (1995)
“Body of Work”/ “Body Rework”(compilação de 2006)
“Industrial Complex” (2010)

Concerto em São Paulo, Brasil, 11 de Dezembro de 2010

Myspace
Site oficial

Esta entrada foi publicada em FESTIVAIS de MÚSICA, Música com as etiquetas , . ligação permanente.

7 respostas a Nitzer Ebb vão pôr Castelo de Leiria a dançar

  1. sophiabia diz:

    e nós provavelmente vamos…pois é?????

  2. Carlos Matos diz:

    Olá. Parabéns pelo artigo que está muitíssimo bem escrito e que, acima de tudo, revela pesquisa e conhecimento. Este comentário visa apenas revelar o local onde, de facto, os NITZER EBB se estrearão em Portugal: Castelo de Leiria!
    Os preços ainda não são conhecidos, mas este concerto do Festival Fade In 2011 acontece na sua extensão de Verão, o ENTREMURALHAS – Festival Gótico 2011 (o do ano passado podes encontrar aqui: http://www.fadeinfestival.com/entremuralhas.html), que contará, para além da banda de Douglas McCarthy, de pelo menos mais oito, que evoluirão em dois palcos (Palco Alma e Palco Corpo) durante os dias 29, 30 e 31 de Julho.

  3. Sofia Helena Semedo diz:

    Não sei…lembro-me disto, é giro, mas estou de férias e acho que vou rumo ás Músicas do Mundo esse fim de semana…Leiria…não me parece!

  4. Gavancha diz:

    Incrível. Após uma adolescência a achar que a revolução passava por That Total Age finalmente vamos ver Nitzer Ebb ao vivo. Já não terá o mesmo impacto. Mas vai ser uma noite deliciosamente nostálgica.
    Logo que saibam promenores da venda de bilhetes avisem, por favor.
    Obrigado.
    Gavancha

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s