Cabeças de Radio dão mais uma borla

Os Radiohead voltam às prendas cibernéticas e, desta vez por associação, oferecem um experimental filme do concerto dado em Agosto de 2009 na Republica Checa

Três anos depois de nos darem em troca do que quiséssemos “In Rainbows”, o sétimo álbum do grupo, e numa altura que estão sem concertos marcados, os RadioHead, ou “cabeças de rádio”, voltam a ser notícia ao decidir oferecer, uma vez mais pela internet, o experimental filme de um concerto em Praga, Républica Checa, a 23 de Agosto de 2009, realizado por fãs da banda a partir das imagens de cerca de cinquenta câmaras distribuídas por pessoas colocadas em diversos pontos da assistência.

O resultado é um filme-concerto que nos transporta para o centro do Bruselska Cesta, local do evento, como se fizéssemos parte da assistência e pudéssemos mover-nos a nosso belo prazer por entre as milhares de pessoas presentes. O audio é cuidado ou não fosse produzido a partir dos “masters” disponibilizados pela própria banda que assim se associou à iniciativa e lhe deu um carácter mais oficial do que pirata.

O download do concerto pode ser feito aqui, embora as muitas tentativas de acesso possam dificultar o processo. Desde que o site SKoA divulgou a notícia de o filme ter sido disponibilizado de forma gratuita, que a página oficial do descarregamento apresentou em certos momentos alguns problemas e a mensagem de que “em breve tudo estará no seu sítio certo…” (“Everything In Its Right Place soon…”).

Para se perceber o que está em causa neste trabalho amador, de aparência e resultado profissional, os realizadores disponibilizaram um leitor de video pelo youtube para partilhar o conteúdo, que está dividido em diversas partes:


Diverte-te…

RADIOHEAD
Estreados num palco em 1987, começaram por usar o nome “On a Friday” e gravaram a primeiro demo em 1991. Assinaram pela EMI e tiveram de mudar de nome, adoptando RadioHead por influência da música com o mesmo nome assinada pelos Talkings Heads no respectivo álbum “True Stories”. Em Maio de 1992 lançaram o EP “Drill” e quatro meses depois outro denominado “Creep”, que se viria a tornar no primeiro hit do grupo. Por esta altura, os RadioHead andavam em digressão como banda de suporte e foi dessa forma que se estrearam em Portugal, no Pavilhão do Restelo, abrindo para os James.
Seguiu-se o primeiro disco, “Pablo Honey”(1993), e depois mais seis (“The Bends”, 1995; “Ok Computer”, 1997; “Kid-A”, 2000; “Amnesiac”, 2001; “Hail to the Thief”, 2003; e “In Rainbows”, 2007).
Pelo meio, realce para a digressão do aclamado e multi-platinado “OK Computer”, que arrancou em Portugal com três noites consecutivas de concertos esgotados no Paradise Garage, em Lisboa. Uma decisão da banda devido à calorosa recepção que haviam tido quatro anos antes no Restelo. E agora todos esperamos que eles decidam voltar…

Os RadioHead estão de férias há quase um ano

Esta entrada foi publicada em Música, Mundo com as etiquetas , , . ligação permanente.

Uma resposta a Cabeças de Radio dão mais uma borla

  1. Nuno diz:

    com tanta “oferta” que estes senhores nos habituaram é mesmo caso para dizer “2+2=5”.🙂

    Além de tudo isto, o palco e as luzes são brutais. Aliás como tudo o que eles fazem.

    Muito à frente. São os maiores.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s