Paul, o polvo adivinho, reformou-se

O polvo mais famoso do Mundo reformou-se das leituras do futuro. O final do Mundial de futebol trouxe a Paul, o oráculo mais solicitado da actualidade, o descanso. E isto depois de ter acertado nos oito prognósticos sobre o Campeonato do Mundo que lhe foram pedidos no aquário Sea Life de Oberhausen, Alemanha, onde vive este prodígio da natureza. Ou invenção, como se quiser interpretar.

O polvo Paul nasceu em Janeiro de 2008 no aquário Sea Life da cidade Weymouth, no sul da Inglaterra. E pouco depois transferido para a Alemanha. Aqui foi baptizado segundo o título de um poema (“Der Tintenfisch Paul Oktopus”, qualquer coisa como “o polvo Paul que deita tinta como uma lula”), escrito pelo escritor alemão de liyteratura infantil Boy Lornsen.

No mesmo ano, segundo um responsável do aquário de Oberhausen, Paul revelou uma inteligência superior à normal num cefalópode. Foi então sujeito a vários testes e o primeiro grande desafio de prever o futuro surgiu aos seis meses de vida: tinha de adivinhar, mediante a preferência por uma de duas caixas com as bandeiras dos  adversários em campo, os resultados da selecção alemã no Campeonato da Europa de 2008. Falhou dois em seis, incluindo a final, na qual adiantou a vitória alemã, que acabou por ser espanhola. Nos resultados certeiros, curiosamente, ficou a vitória germânica sobre Portugal, nos quartos de final, que ditou o adeus de Scolari à equipa das quinas

O polvo Paul recebeu uma réplica da Taça do Mundo ganha pela Espanha e deixou de lado a "bola de cristal"

.

Paul voltou “ao trabalho” no Mundial da África do Sul. Uma vez mais para seguir e prever os resultados da Mannschaft, a selecção alemã. E desta feita, fez o pleno. Incluindo as duas derrotas averbadas pela equipa de Joachim Löw. A primeira logo na segunda jornada da fase de grupos, contra a Sérvia, depois de os germânicos terem goleado a Austrália; e a segunda, nas meias finais, de novo diante da Espanha.

Perante o sucesso, o polvo adivinho foi chamado a adivinhar não só o jogo de decisão do terceiro e quarto lugar, entre Alemanha e Uruguai, como a final, entre a Holanda e a Espanha. E desta vez teve até direito a transmissão em directo para várias televisões em todo o Mundo do momento em que revelou a identidade dos vencedores. O polvo Paul acertou. Acertou em tudo. Fez o pleno. Tornou-se uma estrela, não só alemã, como acima de tudo espanhola, pela sorte dada à “La Roja” nos últimos anos. Há mesmo quem o queira tornar figura de destaque em Espanha, adquirindo-o ao aquário de Oberhausen e preservando-o com todas as mordomias no reino dos Filipes.

A questão é que Paul, o polvo adivinho, está a entrar no ciclo final de vida. E o Mundial terá sido o derradeiro trabalho da sua curta existência. Os polvos têm uma esperança média de vida de três anos. Pelo menos aqueles que não acabam numa qualquer panela. A vida de Paul, apesar da evolução da veterinária, não lhe deve permitir chegar ao Europeu de 2012. A reforma foi, por isso, adiantada ontem. Não de forma oficial, mas através de um especialista em cefalópodes.

O polvo Paul deixou “a bola de cristal”, mas não ficou de mãos a abanar. Foi-lhe entregue simbolicamente uma réplica da Taça do Mundial ganha pela Espanha. O polvo Paul está feliz. Pelo menos parece. E este dificilmente vai acabar numa panela. A menos que seja apanhado por algum holandês mais vingativo…

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Desporto, Mundo. ligação permanente.

Uma resposta a Paul, o polvo adivinho, reformou-se

  1. Sophia Bia diz:

    vai ter morte santa( ou não), à galega ninguém o come e n tem tamanho para ser feito à lagareiro…paul die Oktopus ubber alles….

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s